Blog de IMMF




Irmãos e irmãs, toda paz e todo bem!

De 03 a 13 de maio de 2018 realizaremos mais uma Semana da Infância Micro e Mini Franciscanos da JUFRA do Brasil em um ano muito especial para nossa secretaria, pois viveremos a discussão intensa das diretrizes da IMMF.
Decidiu-se desenvolver um tema intimamente ligado ao carisma franciscano e, ao mesmo tempo, tão ausente na vida cotidiana das pessoas: o consumo consciente.
O consumismo é uma ideologia, um hábito mental forjado que se tornou uma das características culturais mais marcantes da sociedade atual. Ninguém nasce consumista. Segundo algumas pesquisas, as crianças brasileiras influenciam 80% das decisões de compra de uma família. Carros, roupas, alimentos, eletrodomésticos, grande parte das aquisições dentro de casa tem por trás um palpite de uma criança ou de adolescente.
O entendimento de que os danos causados pela lógica insustentável do consumo irracional podem ser minorados e evitados se efetivamente a infância for preservada em sua essência como o tempo indispensável e fundamental para a formação da cidadania. Indivíduos conscientes e responsáveis são a base de uma sociedade mais justa e fraterna, que tenha a qualidade de vida não apenas como um conceito a ser perseguido, mas uma prática a ser vivida.
Consumo consciente, segundo o Ministério do Meio Ambiente, é levar em conta o meio ambiente, a saúde humana e animal e as relações justas de trabalho na hora de escolher produtos e serviços. Mas ser um consumidor consciente é muito mais que isso e pode sim fazer bem ao seu bolso, e não apenas ao planeta.
Assim, criamos um encontro reflexivo e algumas oficinas com sugestões de atividades diversas para envolver nossos mini-franciscanos na discussão do tema de modo a melhor fazer escolhas para compras, ou aprender a reciclar, trocar e produzir brinquedos. Entretanto, o objetivo central é entender que bens materiais, se não adquiridos de forma consciente, podem ser um instrumento de forte afastamento de DEUS, em contrapartida temos o exemplo inverso de Francisco, que com o seu desprendimento material, chegou tão próximo de Cristo.
E com o intuito de ampliar a exposição da temática, seguem ainda diversas propostas de atividades complementares e um encarte com sugestões de oficinas franciscanas envolvendo músicas, teatro e vídeo.
Registrem os encontros, as atividades, o teatro e tudo mais que realizarem com nossos mini-franciscanos com fotos e vídeos e usem as #semananacionaldeIMMF2018 #jufradobrasil. As fraternidades que ainda não tem IMMF podem usar esse material para dar os primeiros passos.
Que São Francisco, Santa Clara e Santa Rosa de Viterbo estejam conosco, guiando nossos passos, fortalecendo nosso serviço, de forma a cumprir nossa missão de evangelização e formativa com as crianças e adolescentes na busca de construir cristãos mais engajados no projeto do Senhor Jesus.

Um fraterno abraço,

SABRINA FERREIRA DA SILVA
Secretária Nacional de Infância Micro e Mini Franciscanos



Teve início ontem, dia 20 de abril, a primeira das 6 escolas de formação em IMMF que a Jufra do Brasil, através da Secretaria Nacional de IMMF promoverá durante o ano de 2018. Essa escola acontece na Área Nordeste B, na cidade de Aracaju e vai até domingo meio-dia. 
Entre outros objetivos, a intenção é que nos próximos dias se discuta a reformulação das diretrizes de formação da IMMF definida como prioridade nesse triênio. 
A oficina teve mais de 35 pré inscritos e contará com presença de mini-franciscanos dentro da programação. 
Participam da condução desse momento o Assistente Espiritual Nacional Frei Wellington, o Secretário Fraterno Nacional Washington Lima, Douglas Cordeiro, Secretário Nacional para a Área Nordeste B e Rebecca Nascimento, Secretaria Nacional de IMMF - triênio 2013-2016.



Irmãos e irmãs, paz e bem!

A proposta desse encontro (BAIXE AQUI) é refletir sobre nossos irmãos índios e sua importância. O dia do índio é comemorado no dia 19 de abril e, instituído no Brasil pelo presidente Getúlio Vargas, foi escolhido pelas lideranças indígenas do continente que participaram do Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México, no ano de 1940. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os municípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais.
Devemos lembrar também que os índios já habitavam o país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com o capitalismo e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.
Este encontro tem como objetivo mostrar as semelhanças entre o nosso carisma e o modo de vida dos nossos irmãos nativos e, assim, sensibilizar os minis franciscanos a amar e respeitar os primeiros habitantes do nosso país.

Antonia Lais Nogueira das Chagas
Secretária de IMMF Regional Norte 2



Irmãos e irmãs, toda paz e todo bem!

Alegria e esperança são palavras que descrevem o sentimento que a JUFRA do Brasil possui ao lançar mais uma Jornada Nacional pelos Direitos Humanos (JNDH) com os serviços de DHJUPIC e IMMF a desenvolver propostas e atividades (BAIXE AQUI) simples e com reflexões mais que necessárias sobre um tema tão atual e urgente: o cuidado com a irmã ÁGUA. Nossa irmã água precisa de amor, um amor que não estamos dando a ela. Constantemente falamos: água é vida, porém não preservamos essa fonte de vida como deveríamos! Este é o momento em que buscaremos refletir nossas ações e o impacto que elas causam no planeta e ainda traçar uma forma de cuidar dessa amada irmã.
Sabendo que somos responsáveis pela nossa casa comum, ou seja, nosso planeta, é dever dos adultos preservar as bênçãos de Deus na terra, cabe também aos adultos educar as crianças sobre as diversas formas de cuidado e preservação que o planeta necessita para que o persevere sendo cada dia mais belo e produtivo.
É, portanto, com muito carinho que a Secretaria Nacional de IMMF, representados por quatro jovens de quatro regionais distintos, se unem para preparar esse lindo material. Almejamos que através das ideias aqui semeadas crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos sejam tocados a cuidar da nossa irmã água e por consequência da nossa casa comum compreendendo que o futuro depende das nossas ações presentes.

Sabrina Ferreira
Secretária Nacional de IMMF
“Digamos juntos, de coração: nenhuma família sem casa, nenhum camponês sem terra, nenhum trabalhador sem direitos, nenhuma pessoa sem a dignidade que o trabalho dá. ”
 (Papa Francisco)


Irmãos e irmãs, paz e todo bem!

É com grande alegria e esperança em dias melhores para nossa nação que a Secretaria Nacional de IMMF lança um encontro para reflexão, formação e prática sobre o tema do Grito dos/as Excluídos/as de 2017.

Não apenas pela necessidade eminente que o país atravessa em discutir direitos e democracia, mas por acreditar que nossas crianças e adolescentes precisam construir uma identidade profunda com a causa dos pobres e excluídos a exemplo de Francisco e do próprio Cristo.

Sugiro adaptações de acordo com as faixas etárias da Fraternidade de IMMF local. Mas, não deixem de realizar esse encontro! Ressalto ainda a importância de realizar o momento “VER, JULGAR E AGIR”. A comunidade deve ver o resultado dessa discussão com os pequenos franciscanos. Exponham nas missas, no seu Regional, nas redes sociais, no país, no mundo! Esse Grito dos/as Excluídos/as com a IMMF é muito significativo inclusive para a JUFRA e a construção de sua história com lideranças engajadas na luta por “nenhum direito a menos”. (BAIXE AQUI OS MATERIAIS)

Enorme agradecimento à jufrista Maísa Joventino, assessora de IMMF do Regional PE/AL pela elaboração preciosa, rica, simples, leve e profunda proposta nesse encontro. Muita gratidão e assertividade em cada linha elaborada para nossas crianças e adolescentes.

À Dani, Secretária Nacional de Comunicação, que tão prontamente se dispôs a diagramar esse material, mesmo com um curto prazo! Mais uma vez, muito obrigada!

#IMMFnoGRITOdosEXCLUÍDOS2017


SABRINA FERREIRA DA SILVA

Secretária Nacional de Infância, Micro e Mini Franciscanos